Tipo mais grave de malária é registrado em Vila Velha

Caso é de uma idosa, residente de Vila Pavão, que passou mal ao visitar parentes no município canela verde

Vila Velha acaba de registrar o primeiro caso da forma mais grave de malária no município. Uma idosa, de 82 anos, residente de Vila Pavão e passando uns dias na casa de parentes no bairro canela verde de Riviera da Barra, sentiu-se mal durante sua estadia na Grande Vitória.

A idosa permanece na residência de familiares e será acompanhada por profissionais médicos pelos próximos 40 dias durante o tratamento. Os últimos resultados dos exames indicaram que a doença está sob controle.

O município de Vila Pavão é um dos que mais registraram casos de malária no Estado. Desconfia-se que a senhora tenha adquirido a doença por lá antes de chegar em Vila Velha.