Paralisação dos portuários pode trazer prejuízo milionário para o ES

De acordo com a Codesa, movimento poderá prejudicar a economia capixaba

De braços cruzados desde ontem (18), a paralisação de 48 horas dos portuários podem acarretar em um prejuízo de R$ 4 milhões para a economia capixaba. A estimativa é da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa).

A companhia ainda informou que cinco navios estão atracados e não podem seguir viagem pela ausência de profissionais do porto. Um outro navio não consegue ser atracado pela mesma razão.

Aderiram ao movimento cerca de 2,2 mil trabalhadores. Eles reivindicam reajuste dos salários, pois alegam que o mesmo está defasado desde 2016. A expectativa é de que eles retornem ao trabalho nesta quinta-feira (20).