Desfile das escolas movimentou R$ 13 milhões na economia capixaba

Evento ocorrido no último fim de semana movimentou hotéis, restaurantes e a economia da capital, com a geração de emprego e renda

As apresentações das escolas de samba do Carnaval de Vitória ocorreram em clima de paz e tranquilidade. O espetáculo preparado pelas 19 agremiações abriu os festejos de momo no País, no último final de semana, e ajudaram a movimentar o turismo, hotéis, bares e restaurantes e a economia da capital, com a geração de emprego e renda.

O presidente da Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDV), Leonardo Krohling, avaliou de forma positiva os desfiles deste ano. O evento levou cerca de 60 mil pessoas para o Sambão do Povo nos três dias. Para ele, a segurança e a organização foram o diferencial.

“O Carnaval foi 100% organizado, tudo dentro dos compromissos firmados. Foi uma festa de muita alegria e total segurança. Não houve qualquer ocorrência relevante registrada pelas forças de segurança, como polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Civil Municipal”, apontou Krohling.

Movimentação financeira

A movimentação financeira foi dentro da expectativa: R$ 13 milhões. “Nesse montante, estão a confecção de fantasias e materiais gastos pelas agremiações, a vinda de turistas, gastos em hotéis e restaurantes, alimentação e transporte. Esse número é bem significativo para o Carnaval de Vitória”, complementou o presidente da CDV, lembrando ainda que, nos quatro meses que antecedem os desfiles, cerca de 2 mil empregos foram gerados.
Hotéis

Na semana do Carnaval de Vitória, houve uma ocupação média de 61,8% nos hotéis da capital. “Essa é uma taxa boa para o período de fevereiro, véspera do Carnaval oficial. Isso foi possível a partir de um trabalho que vem sendo feito em parceria entre o município e outras entidades para a divulgação desse produto turístico que é o Carnaval de Vitória”, ressaltou o presidente da Associação da Indústria de Hotéis no Espírito Santo (Abih-ES), Gustavo Guimarães.

Período de Carnaval

Ainda de acordo com a Abih-ES, para o período de Carnaval oficial, a ocupação hoteleira tem ótimos registros. “A maioria dos hotéis já está trabalhando com bloqueios de reserva acima de 90%, com algumas redes já chegando a 100% de ocupação”, ressaltou Gustavo Guimarães.

Os turistas e os moradores poderão curtir a programação especial de shows e blocos no Centro de Vitória.

Já o Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares do Estado do Espírito Santo (Sindbares) estima um faturamento de 20% a mais no Carnaval deste ano, quando comparado no mesmo período do ano passado.

“O Carnaval hoje já é uma data importante para a cidade de Vitória e para o Estado e temos certeza que este ano será muito bom. Estimamos que tanto os contratados fixos quanto os intermitentes aumentem de 10% a 15% nesse período”, disse o presidente do Sindbares, Rodrigo Vervloet.

Em todo o Brasil, o Carnaval deve movimentar mais de R$ 6,7 bilhões, segundo a Confederação Nacional de Comércio de Bens e Serviços em Turismo, um aumento de 2%. Nesse montante, em primeiro lugar está o setor de bares e restaurantes, que, no período de folia, deve movimentar cerca de R$ 4 bilhões.

Mitch Morse Womens Jersey