Descubra quando é bom negócio antecipar o 13º

Alguns bancos pagam até 100% do benefício, mas é preciso ficar de olho nas taxas

A pouco mais de dois meses para que as empresas, por lei, depositem a primeira parcela do 13º salário — 30 de novembro —, bancos divulgam a antecipação do benefício, que pode ajudar quem precisa do dinheiro com urgência. Quem contrata esse tipo de crédito pega agora o valor com o banco e devolve — com juros — quando receber o abono natalino completo, em dezembro. Os especialistas em finanças recomendam cautela.

A primeira dica para o trabalhador interessado nesse crédito é ter planejamento, ou seja, saber o que fazer com o dinheiro. É preciso saber as taxas e levar em consideração se vale a pena.

A antecipação do 13º salário só é válida quando for para quitar uma dívida com juros muito mais altos. O imediatismo e a tentação em antecipar o 13º, que só é pago no fim do ano, pode ser uma armadilha e gerar arrependimento. No geral, o empréstimo é pago de uma só vez, em dezembro, quando o trabalhador demanda dinheiro para despesas das festas de fim de ano.

“Os bancos cobram o empréstimo em uma única parcela, em dezembro. Então é bom que o trabalhador saiba que, quando receber o benefício, terá que pagar todo o valor para a instituição financeira”, explica o economista Eduardo Silvares.

 

Confira as condições de cada banco

Santander
Os correntistas podem antecipar até 100% do valor que será recebido de 13º salário, com contratação por aplicativo e agências. Assim como outros empréstimos, as taxas dependem do perfil do cliente, mas variam de 1,99% a 4,36% ao mês.

Bradesco
O Bradesco possui linha de crédito para antecipação do 13º salário com a novidade de contratação pelo aplicativo Bradesco. A linha de crédito é exclusiva para clientes pessoa física que recebem o salário no Bradesco e são funcionários de empresas privadas, órgãos públicos ou aposentados e beneficiários do INSS. Os clientes contam com taxa a partir de 1,99 % ao mês, podendo antecipar até 100% do 13º salário e valor máximo de R$ 50 mil reais. O crédito deverá ser quitado em uma única parcela até 20 de dezembro de 2018.

Itaú
Os clientes podem antecipar de R$ 80 a R$ 10 mil, sendo que o percentual máximo é de até 100% do valor do 13º salário. as taxas de juros são a partir de 3,13% ao mês, e o empréstimo pode ser contratado em agências, caixas eletrônicos e aplicativo.

Banco do Brasil
Quem recebe salário, aposentadoria ou pensão por crédito no BB pode antecipar até 70% do 13º salário, com taxas de juros a partir de 2,89% ao mês. A contratação pode ser de até R$ 20 mil, no aplicativo, terminais de autoatendimento e agências.

Caixa Econômica Federal
Os clientes que quiserem podem adiantar de R$ 500 a R$ 20 mil, nas agências.