Carro movido a gás poderá ter redução de IPVA no Espírito Santo

Projeto de lei que tramita na Assembleia fixa em 1% o valor do IPVA para veículos com sistema GNV emplacados no Estado

O uso de gás natural veicular (GNV), amplamente utilizado em estados como o Rio de Janeiro, pode ganhar um impulso no Espírito Santo caso se torne lei iniciativa apresentada pelo deputado Bruno Lamas (PSB) na Assembleia Legislativa (Ales).

A matéria fixa em 1% o valor do IPVA para carros com sistema GNV emplacados no Estado – atualmente essa alíquota é de 2% em alguns casos. A medida é válida também para os veículos de motor movido à eletricidade. “Com o IPVA de 1% para veículos elétricos e GNV, acreditamos que essas frotas possam crescer no Espírito Santo”, afirma o deputado.

O parlamentar defende esse tipo de incentivo e destaca que o uso de GNV e de motor movido à eletricidade minimizam danos ambientais decorrentes da emissão de gases causadores do efeito estufa.