Aeroporto de Vitória terá voo direto para Buenos Aires

Gol fará a ligação entre os capixabas e a capital argentina a partir de janeiro. Outras novidades estão a caminho

Companhias aéreas que operam voos de passageiros no Espírito Santo divulgaram, na manhã desta terça-feira (30), novas rotas de voos nacionais e internacionais que devem começar a operar nos próximos meses no Aeroporto de Vitória.

Os anúncios aconteceram durante a cerimônia de assinatura do Contrato de Competitividade (Compete-ES) entre o Governo do Estado e o setor de Aviação, representado pela Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear). A solenidade aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória.

A Gol Linhas Aéreas anunciou que o primeiro voo internacional direto saindo de Vitória será para Buenos Aires, capital da Argentina, em 19 de janeiro de 2019. A Latam Airlines já está operando o voo direto Vitória – Fortaleza e aumentou uma frequência no voo de carga Vitória – Miami. A Azul Linhas Aéreas deve anunciar novidades nos próximos meses e a Avianca Brasil, em 2019.

“Incluir novas rotas foi uma construção importante envolvendo a nossa equipe de Governo, com atuação das áreas de Turismo, Desenvolvimento e Fazenda. É uma operação de ganha-ganha. Recentemente inauguramos o novo Aeroporto de Vitória, que agora tem uma infraestrutura adequada ao desenvolvimento do Estado, e estamos construindo o primeiro Aeroporto Regional de Linhares. Entendemos que precisávamos estreitar essa relação com as companhias aéreas”, explicou o governador Paulo Hartung.

“Também passamos a contar com mais voos de cargas internacionais e, no próximo mês de janeiro, teremos o primeiro voo internacional de passageiros, dentro da América Latina, tendo como destino Buenos Aires, na Argentina. É uma construção muito bem feita que ganha o Espírito Santo, ganham os capixabas, ganham os brasileiros que visitam nosso Estado e ganham, também, todos aqueles que trabalham com rotas aéreas. Acho que fizemos uma construção bem feita e a resultante será positiva para todos que participaram da mesa de negociação”, completou o governador.

Com a assinatura, as empresas do segmento de transporte aéreo de passageiros e de cargas aderem ao Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo – Compete-ES, tendo acesso à redução da alíquota do ICMS do querosene da aviação, conforme contrapartidas oferecidas pelas companhias aéreas ao Governo do Estado.