Vereador sai às ruas para ouvir demandas da população

Há 5 anos sem interrupção, Wanderson Marinho (PSC) leva o seu ‘Gabinete Móvel’ para os bairros de Vitória

Numa época em que uma parte da classe política evita ao máximo o contato com a população, temendo ouvir queixas e insultos, um vereador de Vitória resolveu ir na contramão dessa realidade. Sem medo de se expor e ouvir reclamações, Wanderson Marinho (PSC) promove há 5 anos sem parar uma iniciativa que ele batizou de “Gabinete Móvel”. Trata-se de uma iniciativa que ocorre de segunda a sexta, em diferentes bairros da Capital, em que o parlamentar ouve as demandas dos moradores.

Para levar o “Gabinete Móvel” para mais perto de uma população que normalmente não tem voz na política, Wanderson acorda todos os dias muito cedo. Às 6h da manhã ele já está nos pontos de ônibus ouvindo reivindicações das mais variadas, como transporte, água, esgoto e saúde pública. “O contato feito via telefone e Whatsapp é sempre muito frio. E essa é uma forma de ficarmos mais próximo da comunidade”, disse o vereador ao ESTADOCAPIXABA.

 

Wanderson Marinho leva seu ‘Gabinete Móvel’ diariamente para pontos de ônibus de Vitória

 

Munido de apenas uma mesa e cadeira, a ação do vereador também permite que a comunidade possa participar sugerindo leis a serem levadas para discussão na Câmara de Vitória. Após as audiências populares nas ruas, as propostas são encaminhadas para o gabinete físico de Marinho. Lá, elas são debatidas e, sendo viável, são transformadas em projetos de lei, protocoladas e posteriormente colocadas em prática.

Os moradores que no início estranhavam a presença de um parlamentar na rua, em um período que não era de campanha eleitoral, hoje já se acostumaram e são agradecidos com a disposição do vereador em querer se diferenciar dos tradicionais políticos da cidade em ter o interesse de ouvi-los.

O êxito desta simples atitude pode ser traduzida em números. De acordo com informações da equipe de Wanderson Marinho, desde o início da ação em 2013, foram realizadas 321 visitas em 57 bairros de Vitória. E dos 3.594 processos indicativos protocolados e encaminhados ao executivo pelo vereador até o momento, a maioria foi obtida através deste projeto.