Vale apresenta plano para diminuir pó preto na Grande Vitória

Mineradora promete, mais uma vez, reduzir drasticamente sua emissão de poeira na atmosfera

A mineradora Vale, que opera no Complexo de Tubarão, tem o objetivo de reduzir em até 93% sua emissão de poeira na atmosfera. A redução é esperada para 2023 e é relativa à quantidade de poluição emitida na Grande Vitória desde 2010. Os dados foram apresentados à Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa (Ales) pelo gerente ambiental da empresa, Romildo Fracalossi.

Para colocar o plano em prática, o objetivo é evitar a queda de material, diminuindo a geração de emissões fugitivas. E, se houver queda, impedir o arraste de poeira pelo vento, enclausurando os equipamentos. A meta é a emissão de 1,5 grama de poeira por tonelada de produto movimentado nos píeres. Em 2010, a Vale tinha uma emissão de 21 gramas a cada tonelada. “Estamos reduzindo a poeira com o mesmo nível de produção”, afirmou Fracalossi.

As informações apresentadas pelo gerente da Vale foram contestadas pelo presidente da ONG SOS ES Ambiental, Eraylton Moreschi. “Essas informações só confundem o cidadão, são informações que merecem esclarecimentos e comprovação”, afirmou.

Moreschi ainda disse que a população capixaba foi excluída da elaboração das metas de redução da poluição atmosférica. Em nome da ONG, ele conclamou a empresa a assumir o compromisso de reduzir, de fato, 85% do pó preto emitido. “Como penalidade, se até 2023 esse números não forem atingidos, a empresa deverá reduzir suas operações até que as emissões atinjam 85% de redução”, propôs.

Mitch Morse Womens Jersey