Prefeitura de Vitória oferece mais de 960 vagas em 25 cursos gratuitos

Oportunidades serão oferecidas ao longo do ano. Dois cursos já estão com as inscrições abertas

A Prefeitura de Vitória vai oferecer 965 vagas em 25 cursos de qualificação e aperfeiçoamento profissional em diversas áreas do mercado. A iniciativa faz parte do projeto “Trabalho Qualificado: Atendimento Aprovado”, uma parceria do Procon de Vitória com a Gerência de Qualificação para o Trabalho.

Os cursos serão oferecidos ao longo de um ano, prioritariamente, para moradores da capital. Eles serão voltados para as áreas de administração e negócios, comércio, turismo, beleza, informática, comunicação, gastronomia, confecção, construção civil, artes e design e mecânica automotiva.

A iniciativa foi tomada a partir da demanda identificada pelo Procon Municipal de que existem muitas reclamações dos consumidores relacionadas à qualidade no atendimento e na prestação de serviço, além de descumprimento dos direitos e garantias do consumidor pelos profissionais.

“Os cursos ofertados contarão com uma grade curricular dedicada também à garantia dos direitos do consumidor, ao bom relacionamento com o cliente e ao atendimento de qualidade, para que possamos contribuir para o aprimoramento dos serviços prestados aos consumidores de Vitória”, disse a secretária de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho em exercício, Luciana Fiorin.

As primeiras turmas vão começar no dia 16 de outubro, na sede do Senac, em Bento Ferreira, com os cursos “Vitrinismo para o varejo” (20 vagas) e “Técnicas de vendas” (25 vagas).

Inscrições

A pré-inscrição será realizada pelo site Vix Cursos, sendo liberada hoje (5) e na próxima quinta-feira (11), a partir das 17 horas, considerando o início de cada curso.

Já a matrícula deverá ser realizada presencialmente no Centro de Integrado de Cidadania (CIC) Zumbi dos Palmares, mais conhecido como Casa do Cidadão, em Itararé, das 9 às 16 horas, seguindo as datas estabelecidas nos informes.

É necessário apresentar documentos como Carteira de Identidade, CPF, comprovante de residência e Carteira de Trabalho ou Certificado do Microempreendedor Individual (MEI). Para o curso “Técnica de Vendas”, é necessário comprovante de escolaridade.

As vagas que não forem confirmadas com a matrícula serão reabertas novamente para a população.