Pastor Georgeval é indiciado por estupro ocorrido em 2015

Vítima só procurou a polícia após o término do inquérito que investigava a morte dos irmãos em Linhares

O pastor Georgeval Alves, acusado de estuprar e carbonizar o filho e enteado menores de idade, foi indiciado por um outro estupro ocorrido em 2015 no município de Linhares. Segundo a Polícia Civil, a vítima somente procurou a autoridade policial após o fim do inquérito que apurava as circuntâncias da morte das crianças.

O mais recente crime de Georgeval que veio a público foi denunciado na 16ª Delegacia Regional de Linhares e o inquérito foi encaminhado para o Ministério Público do Espírito Santo (MPES) na última quarta-feira (4).