Governo do Estado adere ao site ‘Reclame Aqui’

Cidadãos do Espírito Santo já podem usar a plataforma para fazer queixas sobre as condições das estradas, por exemplo. Iniciativa é inédita em todo o país

Reclamar sobre um serviço, fazer uma sugestão ou solicitar uma informação ao Governo do Estado agora ficou mais fácil. Desde a última quinta-feira (7), o site nacional Reclame Aqui – Serviços Públicos passou a ser um dos canais oficiais de comunicação entre os cidadãos e os órgãos e entidades estaduais. A utilização da plataforma é gratuita, sem qualquer custo para o Estado ou para os usuários.

Todas as manifestações sobre o Governo do Estado feitas no site serão enviadas automaticamente para a Ouvidoria-Geral, que centralizará o atendimento ao cidadão. Será gerado um protocolo de atendimento e a ouvidoria se encarregará de processar as informações e responder ao usuário dentro do prazo estipulado em lei, garantindo mais transparência e eliminando o risco dessas demandas não serem respondidas, ou de serem enviadas para o local errado.

O secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata, destaca a importância da ferramenta, não só por abrir mais um canal de interação com a sociedade, mas também como instrumento norteador de políticas públicas e de implantação de melhorias nos serviços prestados pelo Governo.

 

Edmar Camata: ferramente possibilita uma “melhorias nos serviços prestados pelo Governo”

 

Por meio desta integração, o Governo do Estado também poderá medir a satisfação da população com os serviços públicos: o site gera um relatório estatístico com o número de reclamações de cada órgão, e registra a avaliação do internauta sobre a agilidade na resposta e no atendimento às demandas.

Para viabilizar mais essa forma de interatividade com o cidadão, a Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont) realizou o cadastramento de todas as secretarias e órgãos estaduais na área “Serviços Públicos” do Reclame Aqui. O site agrupa os órgãos em grandes áreas temáticas, como Trânsito, Saúde e Educação, o que facilita o uso da ferramenta por parte da população.

O próximo passo – já em fase de desenvolvimento – é integrar a plataforma do site ao sistema da ouvidoria, agilizando ainda mais o atendimento às demandas. A Ouvidoria-Geral da União já funciona assim: quando o cidadão escreve sua reclamação sobre um órgão ou entidade pública federal no Reclame Aqui, ela automaticamente é registrada na ouvidoria. E a resposta à demanda também é enviada automaticamente pelo Governo ao portal.

Mitch Morse Womens Jersey