Chega Mais denuncia descaso do Rio Amazonas durante desfile

Enredo tratou de lendas do Rio Amazonas como o boto cor de rosa, a Vitória Régia, o Saci e o Curupira que habitam o imaginário da população

A Chega Mais foi a quinta escola a entrar na avenida com o enredo “Contos e encantos do Amazonas. O rio da vida que banha o futuro do Brasil”. O samba tratou de lendas do Rio Amazonas como o boto cor de rosa, a Vitória Régia, o Saci e o Curupira que habitam o imaginário da população.

A escola se propôs a denunciar a postura dos homens que maltratam esse grande e belo rio desprotegido. As alegorias dos participantes não fizeram feio e mostraram o descaso com o meio ambiente.

 

O azul e branco da agremiação ficou bastante evidente nas fantasias (Crédito: Leonardo Silveira)

 

As fantasias criativas apresentavam cores diversas e em especial o verde e azul de suas águas. Houve destaque sobre como os homens usam o rio para retirar de lá todas as suas riquezas e fazendo com que os povos sofram.

“Vejo o céu refletir as cores do meu pavilhão, azul e branco chega mais minha paixão, escute o clamor da voz do morro, rio Amazonas te pede socorro”, dizia um dos trechos do enredo.

Mitch Morse Womens Jersey